sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Inaugurando

Para inaugurar este blog, nada melhor do que prestar uma homenagem a nós. Isso mesmo, nós torcedores do Mengão. Somos verdadeiros guerreiros, apaixonados. Encantamos o mundo inteiro com nossa tradicional festa nos estádios e principalmente na nossa casa: o Maracanã.
Não há comparação, nós colocamos medo nos adversários, eles temem o nosso canto, a nossa força. No último carioca o Cuca, então técnico do Botafogo, disse que no segundo tempo, após o gol de empate do Fla, a torcida do Flamengo entrou em campo e aí fica difícil para o adversário.
Os gringos vem aqui e querem ver o jogo do Fla para conhecer a nossa torcida. Jogadores espalhados pelo planeta, quando perguntados sobre qual time no Brasil gostariam de jogar, são unanimes em responder Flamengo.
Para ilustrar melhor esse respeito e admiração que os demais torcedores têm por nós, transcrevo aqui trechos de um texto escrito por um tricolor carioca. Tal texto, pode também ser lido na íntegra no site http://www.racarubronegra.com.br/.


"Subir a rampa nos Fla-Flus é sempre um constrangimento. Um exercício de mau gosto. Mudar de lado por ser menos numeroso. Por ter sido invadido em priscas eras, quando tomaram nosso lugar à força e nos mandaram para o lado direito das cabines de rádio.Explicar para um menino o porquê de naquele dia - só naquele dia, em mais nenhum outro - ter que virar para a esquerda, no sentido horário, é sempre uma pequena revolta.
...
É o Sobrenatural de que tratava Nélson Rodrigues. É perturbante. É aquela massa uniforme pulando do outro lado. 23 minutos, 1x3, e eles não paravam de pular; ninguém saía do seu aperto; ninguém ia embora. Eles nunca vão embora. Eles nunca arredam o pé.Eles não se sentam, não param de gritar. Eles não sossegam. Me perseguem, me sufocam, me habitam os pesadelos e me causam pânico. Quando eu olho para o outro lado é isso que eu sinto. Eles acreditam mais do que os outros. Mais do que eu e todos os outros juntos. E disso, meus caros, eu tenho que reconhecer, chega dá medo. Eles jogam com 12. E jogar com 12 deveria ser proibido.
...
Dentro do táxi, uma frase de uma criança de sete anos ficou estalada no meu tímpano: "Papai, eu tenho nojo deles".- Eu também tenho filho... É só o que posso dizer hoje. Mas se não fossem eles essa mágica não existiria.
Por Claudio Lampert ( Ilustre Torcedor Tricolor )."

Parabéns torcida Rubro-Negra. Nós somos com certeza o maior patrimônio do clube e temos que continuar a fazer essa festa bonita e invejada pelos adversários. Mas sempre sem violência.
SRN.

6 comentários:

Dickson disse...

Você é um péla saco mesmo! rsrs
só vou postar pq é meu irmão! rsrss
vou te dar essa moral!
vascooooooooo eoooooooooooo!

Anônimo disse...

Tô torcendo muito para o Flamengo.
Claro, pro flamengo PERDER E FICAR EM SEXTO NO BRASILEIRO ao final.

ANO QUE VEM VOU SER CAMPEÃO BRASILEIRO, COM O TIMAÇO DO VASCÃO.

CAMPEÃO DA SÉRIE B, MAS CAMPEÃO.

KAMILA disse...

lindoo blog!!!!!
amei o q vc escreveu! e fico impressionada com seu amor por esse time.
sucesso! amo-te!

Anônimo disse...

Caro transformista, lamento dizer que vejo uma constelação de cincos vindo por aí. folgo em dizer que pela minha cabalística interpretação do que os espíritos futebolísticos me mandam, trata-se de quinto: posição do Fla e 15wvgitti

Raul disse...

Essa torcida dá show mesmo. é a melhor, tem q respeitar...
valeu

leury disse...

kkkkkkk somos mesmo os maiores!!!