quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Fla - Flu, infelizmente com mistão


Caros amigos leitores, o assunto de hoje não poderia ser outro: é o Fla-fluflu emocionante de hoje! O primeiro internacional (já que eles não têm qualquer tradição em competições internacionais). Mas infelizmente, o jogo de hoje é tratado como mais um por nossa diretoria, comissão técnica e jogadores. Pior é que isso acaba afetando nós torcedores.

Já houve o tempo em que Fla-fluflu era feriado. O jogo mais esperado. Por isso se tornou o clássico mais charmoso do Brasil e o mais conhecido internacionalmente. O enfrequecimento deste clássico também se deve à decadência em que o fluflu se afundou: 2 rebaixamentos seguidos, depois a série C, por fim um retorno sem mérito algum. Isso fez diminuir a rivalidade e aumentar a nossa com o recém rebaixado vascaiu.

Mas o que me irrita no clássico de hoje é esse papo de time misto. Será que não é possível jogar 2 vezes na semana? Os caras ganham uma fortuna e só podem trabalhar sério uma vez por semana. Se for seguir esta lógica, não consigo entender como eles conseguem jogar no Brasileiro quartas e sábados, ou quintas e domingos. Mas se colocam outro campeonato, a missão se torna impossível. Mas esquecem que se não houvesse a Copa Sul-Americana, eles jogariam os mesmos dias no Brasileiro e sem poupar jogadores.

Tudo bem também que essa Copa Sul-Americana só joga pra valer quem não tem qualquer pretensão no campeonato Brasileiro, como foi ano passado feito pelo Internacional. Mas também acho outro erro. O Flamengo de Zico e cia. (aquela máquina de jogar futebol bonito e eficiente) jogava 4 vezes por semana e conquistava praticamente todos os títulos que disputava. Será que a preparação era melhor? Os jogos eram mais fáceis? Pra se ter ideia, em 81 o Flamengo disputou a final do Carioca contra o vasco, ganhou (pra variar) e logo em seguida viajou para disputar o título Mundial. Se fosse hoje, nós teríamos disputado a final do Carioca com os reservas, ganharíamos assim mesmo (pois vencer vasco em final já é tradição) e os titulares só jogariam o Mundial.

Não tem nada a ver com preparação física, ou dificuldade de jogos. Ocorre que no Brasil (eu disse no Brasil e não somente no Flamengo) se criou uma tradição de não poder disputar 2 campeonatos ao mesmo tempo. De não poder jogar dois jogos por semana. "É muito cansativo e desgastante". Pelo amor de Deus!!! Se vai disputar um campeonato, que entre pra ganhar, ou então peça pra sair, ou nem mesmo entrar.

Por fim, mesmo com nossos reservas, destruiremos os tri-rebaixados tricoletes, aumentando a nossa superioridade em vitórias sobre eles e avançaremos para a próxima fase. da Sul-Americana. Não que seja grande coisa esse campeonato, mas não podemos esquecer o que diz nosso maravilhoso hino: "Vencer, vencer, vencer". E é assim que tem que ser, sempre!

PS.: Lembro-me de um Fla-fluflu na semi-final do Carioca de 2004 em que o fluflu nos vencia por 3x1 até os 23 minutos do 2° tempo e a torcida tricolete gritava "olé". Mas esqueceram que era o Flamengo. A torcida Rubro-Negra se levantou e conseguiu uma virada heróica para 4x3, conquistando a vaga para a final e conquistando o título. Alguém sabe de quem ganhamos na final? Do vacaiu, é claro, sempre ele! LEia uns trechos do texto do tricolor Claudio Lampert sobre o jogo e sobre nossa torcida:
...
"É o Sobrenatural de que tratava Nélson Rodrigues. É perturbante. É aquela massa uniforme pulando do outro lado. 23 minutos, 1x3, e eles não paravam de pular; ninguém saía do seu aperto; ninguém ia embora. Eles nunca vão embora. Eles nunca arredam o pé.Eles não se sentam, não param de gritar. Eles não sossegam. Me perseguem, me sufocam, me habitam os pesadelos e me causam pânico. Quando eu olho para o outro lado é isso que eu sinto. Eles acreditam mais do que os outros. Mais do que eu e todos os outros juntos. E disso, meus caros, eu tenho que reconhecer, chega dá medo. Eles jogam com 12. E jogar com 12 deveria ser proibido.
"...
Dentro do táxi, uma frase de uma criança de sete anos ficou estalada no meu tímpano: "Papai, eu tenho nojo deles".- Eu também tenho filho... É só o que posso dizer hoje. Mas se não fossem eles essa mágica não existiria. Por Claudio Lampert ( Ilustre Torcedor Tricolor )."


SRN

5 comentários:

Gremista Fanático disse...

Fala Guerreiro, pode acreditar cara em 89 foi 6x1 pro Grêmio sim, rsrsrs.
Quanto ao Fla-Flu é uma pena que vai ser com times reservas porque poderia ser um jogo bem melhor com os titulares em campo, abraço.
Saudações do Gremista Fanático

Marcão disse...

Realmente,se é pra participar do campeonato,é pra disputar o título,seja o torneio qual for.Essa parada de time misto é mal palhaçada,seu eu ganhasse o salário de uns deles eu jogaria todos os dias(no caso se tivesse jogos todos os dias,é claro).Se o Flamengo não ganhar esse time do Fluminense horroroso,para tudo cumpadi.

AF STURT disse...

A 12 deveria ser proibida torcedor tricolor.

Wilson Hebert disse...

Se a diretoria do Flamengo dá tanta importancia pro Carioca, que a meu ver não tem mais tanta graça, deveria dar importancia tambem pra Sul-Americana.

Pena que empatamos um jogo que era pra ter ganho. Mas o Andrade já deixou claro que vai usar os titulares na competição. Ele tá certo.

*****

Jefferson e amigos leitores do blog, gostaria de convidá-los a participar do Debate Rubro-Negro no Sempre Fla:

http://semprefla10.blogspot.com

Abraço a todos e SRN!!!

Maldita Futebol Clube disse...

ah , coitado1 ah, coitado2, ah, coitado3, ah coitado4 x ufa , um gol 1...tricolor gaucho grêmio grêmio!