terça-feira, 13 de outubro de 2009

O estilo Andrade de ser


Caros amigos, em respeito aos amigos são paulinos que aqui frequentam, vou resumir o jogo de sábado como simplesmente justo. Ganhou o time que buscou a vitória desde o 1° minuto de jogo. Para ilustrar o atual momento do Flamengo, vou usar as palavras de meus companheiros de MFC que quando estão fora do ar costumam falar algumas verdades: "Se o brasileiro fosse ainda no esquema de mata-mata, o Flamengo seria o campeão deste ano". E eu não tenho dúvidas disso. Fui obrigado a concordar com eles.

Mas hoje o assunto é outro. Já faz algum tempo que somos obrigados a aturar técnicos de futebol arrogantes, donos da verdade absoluta, ignorantes e mal educados. Não vou muito longe, vou começar do que tem acontecido mais recentemente. Primeiro foi a era Luxemburgo com o seu estilo bem arrumado e uma arrogância tão exagerada que acabou por derrubá-lo da seleção e o colocar um bom tempo de molho sem clube.

Depois veio a era Leão e Muricy. O primeiro teve bons trabalhos pelo Atlético-MG, Santos e São Paulo, mas seu jeito brigão, sempre gerou rachas nos elencos. Já o segundo se consagrou sendo tricampeão brasileiro pelo São Paulo, mas assim como o primeiro, é de uma falta de educação, ignorância e falta de respeito com os profissionais da imprensa que chega a ser assustador o seu mal-humor. Isso sem falar no Dunga, que nunca para de resmungar. Parece que eles acham que quanto mais mal educados, arrogantes e ignorantes forem, mas competentes serão.

Mas, no meio de tantos técnicos com esse perfil, eis que surge alguém diferente, o nome deste técnico é ANDRADE. Com seu jeito sereno, tranquilo, sempre educado, ele vai provando que é possível ser competente sem ser mal educado, sem ser o dono absoluto da verdade, sem expor jogadores e sem fazer guerra dentro do próprio clube. Andrade, além de ter bom relacionamento com todo elenco, tem bom relacionamento com a imprensa e ouve os jogadores, aceita opiniões, permite que se levantem lideres dentro do elenco e isso sem o medo habitual dos demais técnicos de perderem o comando.

Quem já leu o livro "O monge e o executivo" sabe que existe uma diferença entre "poder" e "autoridade". O "poder" se impõe, ou seja, aqui quem manda sou eu, se não fizer o que eu digo, não vai jogar e ponto. Isso é poder. Autoridade se conquista, ou seja, as pessoas te respeitam e te obedecem não porque você pode puní-los, mas porque te admiram e fazem porque realmente confiam em você. Andrade tem autoridade no elenco do Fla e sabe dividir essa autoridade com os líderes que se levantam naturalmente.

Quem conhece o dia a dia da Gávea sabe que Andrade é uma das pessoas mais queridas lá. Apesar de ser ídolo consagrado mantém a educação e fala com todas as pessoas, sejam elas funcionários, torcedores, dirigentes, etc. É realmente um exemplo a ser seguido desde os tempos de jogador. Onde foi um jogador técnico e leal com os adversários.

Simplicidade, humildade, educação e serenidade aliados à competência e eficiência. Esse é o estilo Andrade de ser, que sinceramente espero que se torne uma nova ERA entre os treinadores. Isso está sendo muito bom para o Flamengo e se virar mania vai ser melhor ainda para o futebol.

SRN

10 comentários:

Gremista Fanático disse...

Concordo que o resultado foi justo apesar do bandeirinha ter exagerado em mandar voltar o penalti. Mas com relação ao Andrade, o cara ta arrebentando mesmo, vai ser muito valorizado se conseguir a vaga na LA 2010, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Lú Silva disse...

Oie Jeffinho deixei o comentário lá no MFC... já viu?? rsrsrs

Passei aqui para para visitar a casa, deixar um oi e um grande abraço forte!!!!

bjos

Lú Silva disse...

Até para escrever no brog vc usa vermelho e preto!!!

kkkk


bjos

Marcão disse...

Andrade é diferenciado.Em meio essa nova geração de tecnicos,o mestre Rubro Negro se destaque pelo seu jeitão de ser.

Essa parada mesmo,espero que lançe moda !

oPerna disse...

Esse Andrade, á esse Andrade.
Só um eterno ídolo para fazer voltar a tranquilidade de ser Rubro-Negro.

E nesse meio de técnicos arrogantes eu nem falo de Renato Gaúcho pq estamos falando de técnicos que são alguma coisa de verdade.

e tenho dito.

Michel Farias disse...

O Andrade está queimando minha língua, nunca acreditei nele para treinador e estou vendo que ele é superior que muita gente ai..

Abraços!

http://ofuteboleoscariocas.blogspot.com/

AF STURT disse...

Bela crônica...Gostei...
mengão sempre!!!

Warley Morbeck disse...

Grande Andrade.

Boa sorte ele (e nós) merecemos

Warley Morbeck
http://flamengoeternamente.blogspot.com/
http://twitter.com/flaeternamente

Débora Bravo disse...

Hahhahaha...Estava meio "sumida" e fui ler os textos 'antigos' do Maldita e acabei de ler esse. rs Comentei lá, ok? Ficou muito bom.

SRN. ;)

vôo do urubu disse...

Andrade e´ a alternativa: nem poder, nem autoridade, so´ dialogo.

Saudaçoes rubronegras!