domingo, 27 de dezembro de 2009

Encontro dos astros

Demorou, mas enfim fizeram justiça ao maior artilheiro do Maracanã...

Caros amigos, o dia 27/12/09 vai ficar marcado na história do futebol mundial. Poucas vezes pôde ser visto tantos craques do passado e do presente no maior palco do futebol mundial e sob os olhares da maior torcida do mundo. Zico, Romário, Adriano, Angelim, Fábio Luciano, Djalminha, Falcão, Adílio, Andrade, Jorginho, Juan, Nunes, Renato Gaúcho, Edmundo, Vagner Love, Tita, Cláudio Adão e outros. Uma verdadeira constelação, claro que alguns dessa lista poderiam ter brilhado muito mais se tivessem jogado mais tempo no Mengão. Mas preferiram jogar onde a pressão era menor, a cobrança era menor e principalmente, a glória nem se compara com a glória dos ídolos Rubro-Negros.

Zico e Romário selaram a paz 11 anos depois de se desentenderem. E a paz foi selada do jeito que tinha de ser: no campo e com belos lances que fizeram o torcedor sonhar com um ataque formado por Zico, Romário e o Imperador. Zico mostrou a classe e categoria habitual. Romário relembrou os tempos de belos gols e lançamentos pela seleção e pelo Mais Querido. Romário foi ovacionado: "olelê, olalá, Romário vem aí e o bicho vai pegar!". Uh uh uh, o Romário é urubu". Zico, o rei da festa foi mais uma vez adorado no palco em que ele se consagrou e alegrou a Nação: Ei ei ei, o Zico é nosso rei!". "Zico, Zico, Zico!".

A torcida mais uma vez não decepcionou e depois de quebrar todos os recordes de público e renda neste ano, faltava ainda um: o maior público em jogos beneficentes. 72 mil presentes, ajudamos a família do nosso ídolo Zé Carlos, o ídolo tricolor Washington e algumas instituições de caridade. O torcida do Fla segue sendo o trêm pagador do futebol e além de movimentar o futebol nacional, agora estamos ajudando ídolos de outros clubes, já que a torcida arco-íris e os diretores adversários não possuem a mesma força econômica, apesar de baterem no peito para dizerem que são bem sucedidos. Não precisam nos agradecer, a caridade é algo inerente do Rubro-Negro, e fazemos isso sem esperar nada em troca, até porque a recompensa vem todos os anos com títulos estaduais e nacionais.
Foi bom ver que o Romário continua identificado com a Nação, ele que nunca pediu para sair e até hoje demonstra seu carinho pela torcida e sempre deixou claro que é Rubro-Negro de coração. Foi bom ver o Galinho e todos aqueles que ajudaram o Fla nestes 6 títulos nacionais. Foi bom ver 70 mil torcedores no maraca novamente. Foi bom ver que não foi final de campeonato, não foi jogo oficial, mas foi o jogo da paz, da reconciliação, da comemoração e da caridade. Foi o jogo da Nação, e ela faz a diferença, seja nas decisões ou nas obras beneficentes. Parabéns Nação, por mais essa demonstração de grandeza, e é claro:

Obrigado Zico, por seu eterno talento de nos proporcionar felicidades sem fim!

SRN

6 comentários:

Julio Cesar disse...

Uma emoção indescritível, ver tanto ídolo junto, parece um sonho sendo realizado, ou um filme, uma volta ao tempo, sei lá...

Nós somos foda!

Vv disse...

Amigo,

Você já sabe, né ... SE ARREPENDIMENTO MATASSE ...rsrsrs.

Cheguei da PRAIA às 22h :) !! Liguei no Sportv..o jogo passou na íntegra.

Quase morri. Mais de 70 mil torcedores.

Tô com o post do Julio Cesar: SOMOS FODA :) !!!

Bjs RbNs, Vivi.

AF STURT disse...

grande festa,momento para jamais ESQUECER.
Um feliz 2010 rubro negro!

Mel disse...

A prova de que somos não só a maior como a melhor torcida do mundo. Com toda a certeza foi muito mais que um jogo de futebol.
Além de ser uma grande festa, pudemos também ajudar! Isso é ótimo.
É por isso que tenho orgulho de se rubro-negra!!
Feliz 2010 pra você!
Grande abraço.

Luís Eduardo disse...

Porra parceiro,
só vi agora este seu texto e você se superou, expressou exatamente a dimensão deste evento no Maraca. Lá no meu texto eu esqueci de mencionar o maior público já registrado em jogos beneficentes, também uma marca extraordinária.
Enfim amigo, 2009 é um ano que jamais será esquecido pela Nação rubro-negra.
Eu nunca vi alguém com uma arrancada vertical levando a bola em direção ao gol igual ao ZICO... É brincadeira, o segundo gol no Jogo das Estrelas mostrou que magia e genialidade não morrem jamais.

"Nada do Flamengo, tudo pelo Flamengo"
SRN, Luís Eduardo
Blog Saudações Rubro-Negras- http://jlwrubronegros.blogspot.com/
Blog SRN no twitter: http://twitter.com/LuisSRN

oPerna disse...

isso é flamengo jefferson,
e o flacanagem está de volta,
vlw irmao!!!


SRN