quinta-feira, 14 de maio de 2009

Respeito com o Gigante Flamengo!


Quase... é meus amigos, o todo poderoso Inter não passou de um time medroso e acuado diante do nosso Gigante Flamengo. Mas, mais uma vez não marcamos gols. A situação está preocupante, a ponto de pedirmos o Adriano do jeito que ele está, mesmo fora de forma, acho que ele será melhor do que os que lá estão.

O Inter veio pra se defender e nada mais. O Flamengo, assim como fez no domingo jogou como o torcedor gosta, com raça e pra frente. O Inter, tão aclamado pela imprensa jogou como jogam Duque de Caxias, Americano, etc., ou seja, na retranca. Mas se são tão bons assim, imbatíveis, por que não fizeram o resultado aqui?

Acredito sinceramente que o Flamengo consiga um bom resultado no Sul e traga a classificação para a Gávea, calando a boca, ou tirando a tinta de muita caneta que falavam e escreviam que o Inter ganharia bem o Flamengo aqui, inclusive com uma possível goleada. Estão todos arrependidos e cientes da força do Flamengo que precisa apenas de uma dupla de ataque mais eficiente. O jogo na próxima quarta será outro, com o Inter atacando mais. Entretanto, nosso Flamengo é Raça, Amor e Paixão, e nosso Manto tem que ser respeitado, assim como o Inter fez aqui no Maraca.

Nossa torcida mais uma vez mostrou que é a mais apaixonada do Mundo colocando 53 mil no Maraca e apoiando o tempo inteiro, mesmo com a "Fla-press", fazendo campanha vitoriosa em prol do Inter, e batendo na tecla de que o Flamengo não era páreo para o Colorado. Ainda assim, a torcida acreditou como sempre e lotou o Maraca. Detalhe para o lindo mosaico na arquibancada fazendo alusão ao título da Copa União de 1987, conquistado sobre o Colorado. Alguns se gabam em lotar estádios com 15, 20 mil torcedores. Agora quero ver manter durante dois anos consecutivos a melhor média de público do Brasil com cerca de 40 mil torcedores por jogo. Isso é amor, isso é fidelidade. Parabéns Nação e vamos em busca do tri da Copa do Brasil. Se prepare Inter!

Outro assunto é a possível ida do Obina para o Coritiba. Obina já nos deu alegrias com seus gols decisivos. Mas ultimamente não tem rendido nada e até mesmo atrapalhado o time. A torcida fez dele o xodó e ele ganhou projeção nacional que não conseguiria em nenhum outro clube brasileiro. Mas está na hora de deixar o Flamengo. Está na hora de se reencontrar em outro clube. Sem falar que para o Flamengo é menos um salário alto para pagar.

Seu jeito simples e sua humildade conquistou o torcedor. Sua estrela em momentos decivos nos fizeram felizes. Mas como nada é para sempre, um dia o Obina deveria sair do Mengão, e a hora é agora. Desde 2004 no clube, chegou a hora de procurar novos ares e recuperar o seu futebol regular, já que nem regular ele tem sido.

No fim deste casamento, fica o nosso agradecimento pelos serviços prestados. Mas acho que muito mais agradecido deve ser o Obina pelo que a torcida do Flamengo fez por ele. Transformando um jogador limitado em "melhor que Eto'o". Boa sorte Obina, menos contra o Flamengo.

SRN

6 comentários:

Gremista Fanático disse...

Cara vai ser complicado mas espero que o Flamengo jogue como ontem no Beira Rio coisa que é dificil, mas torço por isso, abraço.
Saudações do Gremista Fanático

Maldita Futebol Clube disse...

vocês são uma piada, eternizaram um medíocre e agora o escurraçam... mostram bem que cuspir no prato que comeu, como disse o muqifo jose mengão é ordem do dia1

Jefferson freire disse...

Ninguém está escurraçando o Obina aqui, Leandro. Aliás todo rubro-negro sempre soube de suas limitções, só q ele se tornou o xodó da torcida por seus gols importantes e decisivos, alguns deles em cima do seu pobre vasco. Mas agora está na hora dele procurar outro clube, ter uma nova motivação, etc.

Se vc leu o post, eu demonstrei respeito e agradecimento pelo que ele fez no Mengão, mesmo limitado, sempre mostrou raça. Mas para sempre mesmo, somente a relação de amor entre os rubro-negros e o Mengão. E acho que a era Obina chegou ao fim.

Agora muito me admira um vascaíno falando isso. Não eram vcs que gritavam o nome do Eurico todas as vezes q ele invadia o gramado para colocar o dedo na cara de um árbitro? Agora o odeiam. Não são vcs que ora amam o dinamite e ora o odeia, vaiando e até mesmo fazendo ameaças dentro do estádio?

Se vcs podem ocilar tanto com o maior "ídolo" do vasco, não venha julgar nosso descontentamento com o Obina.

Abraços e saudações

Gremista Fanático disse...

Ai Guerreiro, essa semana estarei em viagem de ferias e impossibilitado de ler e comentar nos blogs, retornarei na segunda que vem. Estarei na torcida pelo mengão na quarta, boa sorte, abraço.
Saudações do Gremista Fanático

vôo do urubu disse...

A eterna submissão brasileira com o que vem de fora aliada à miopia da imprensa esportiva (poucos enxergam a realidade, preferem verdades prontas que caibam num carimbo a lhes servir)fizeram de um atacante medíocre como Eto'o um craque, enquanto a verdade estava na excepcionalidade do ataque no qual ele jogava (Ronaldinho Gaúcho e Messi). A nação apenas botou o pingo no i e saiu pra comemoração: nem é preciso lembrar os gols decisivos do Obina.

Saudações rubronegras!

Maldita Futebol Clube disse...

Pois é guerreiro! Eu Nunca gritei o nome de Eurico, só meia dúzia de capangas deles o fez! e vocês também amaram o edmundo santos silva. Quanto ao Obina, é tosco, ruim e medíocre evocês queriam o transformar num ídolo só por gols que fez contra o vasco. Vasco, que fez crescer o inútil e vocês que pagaram( 180mil por mês) o pato..... sou muito mais andrézinho.... aliás belo gol de falta dele contra o seu ex-cluybe, não? huahauahauahauahauah Não tem mais copa pra jogar!