domingo, 22 de março de 2009

O ataque é 2° plano no Fla


Meus amigos, vocês podem até estranhar a foto ao lado, mas vou expor aqui quem merece o meu respeito. E nesse ano o Basquete do Fla merece o nosso respeito. Não vou dizer que o Flamengo jogou bizonhamente, pois isso não ocorreu. O jogo não foi dos melhores, mas estava igual para os dois lados. O Flamengo teve 2 chances com Íbson, Zé Roberto e Josiel, e não aproveitou. No 2° tempo, uma expulsão mais que injusta do Léo Moura que deu um carrinho lateral e merecia apenas o amarelo, mas o Índio quis aparecer mais que os jogadores e expulsou o Léo sem nem mesmo ter cartão amarelo.

Aí, com 9 em campo, o Fla levou o 1° numa falha da defesa. Obina teve chances claras de empatar mas mais uma vez desperdiçou chutando pra fora. Aí, na busca pelo empate, acabamos levando o 2° num contra-ataque fulminante. O time não se entregou e continuou buscando o seu gol. Infelizmente, a bola parava na incompetência dos homens de frente. E o jogo terminou mesmo com a vitória dos eternos vices, que já estavam há 2 anos sem nos vencer.

Não vou escrachar o Cuca como muitos têm feito. Sinceramente, acho que ele não tem a cara do Flamengo e sua despedida é questão de tempo. Mas o pior é esse maldito "planejamento do Fla". Tínhamos o Diego Tardelli (que é o artilheiro do Brasil) e o Vandinho ( que tinha o melhor aproveitamento no Fla), mas dispensamos os dois e ficamos com o Max, Josiel e Obina, que faz tempo que sua estrela não brilha.

Já pararam pra pensar em quanto tempo nós não temos um atacante que impõe respeito? O último foi o baixinho Romário. Depois dele tivemos Reinaldo, Jean, o Edilson (que foi o melhorzinho), Obina, etc. Mas, não tivemos nenhum atacante em que os adversários respeitassem. Antes, o Fla pecava pelo número excessivo de atacantes e não se preocupava com a defesa. Sávio, Romário e Edmundo. Denilson, Edilson, Alex, etc. Agora pecamos pela falta de atacantes.

Hoje o jogo poderia ter sido outro se tivessemos pelo menos um bom atacante. Não precisava nem ser o melhor, mas apenas um bom. A torcida do Fla transformou Obina em um mito, de desacreditado à iluminado e "melhor Eto'o". Ele acreditou e até fez alguns gols importantes. Mas a ficha caiu e a verdade veio à tona. Precisamos urgentemente de um atacante. E precisamos começar a renovar o elenco, em todos os setores. Quando um time que está há muito tempo junto não conquista grandes títulos, chegou a hora de trocar e tentar com outros até achar a melfor fómula.

Aprendi que o importante na vida é trazer à memória aquilo que nos traz esperança. Por isso importei essa foto do Blog do Flamenguista, pois a minha esperança é que o futebol do Fla volte a ser jogado com a mesma determinação que o basquete tem jogado. Apesar do time ter melhorado, mas ainda está longe do Flamengo que desejamos.

SRN

4 comentários:

Fábio disse...

Quero um Fla bem administrado. O problema do Fla não é técnico, atacante ou sei lá o que. Quero aquele Fla de volta, aquele que ganhava tudo e revelava craques como nenhum outro time. O que estão fazendo com nosso clube é um crime.

Gremista Fanático disse...

Com certeza temos que usar os exemplos bem sucedidos pra buscar melhorar a situação, quem sabe o Flamengo do futebol começe a seguir o exemplo do basquete né? abraço.
Saudações do Gremista Fanático

Anônimo disse...

Grande parte da culpa é dos dirigentes - dizer q sao amadores seria ingenuidade minha: sao corruptos e safados mesmo!! Abraços!!
Gustavo Ribeiro

vôo do urubu disse...

Planejamento e Flamengo têm sido coisas inconciliáveis.