sábado, 3 de janeiro de 2009

Muito além do futebol...













Caros amigos, estive ausente deste blog, pois estava em uma viagem conhecendo o país de nossos hermanos argentinos. Pude constatar que apesar da grande rivalidade que existe entre Brasil e Argentina em todos os esportes, nossos hermanos são pessoas incríveis. São educados, receptivos, atenciosos, prestativos e amigos.

Fui com minha namorada, lá conhecemos uma dominicana, que nos levou para uma boate local, onde conhecemos uma galera muito gente boa, que a cada música nos contava a história de cada uma, como surgiu o ritmo, nos pagavam bebidas e nos davam dicas. Um deles me disse que o melhor jogador do mundo não foi nem Pelé e nem Maradona, mas sim o Garrincha. Eu como bom flamenguista, lhe respondi que para mim e para 35 milhões de brasileiros, o melhor de todos os tempos foi o Zico. Um deles tem casa em Florianópolis e todos eles vão passar as férias de janeiro lá.

Também pude perceber que a camisa do Flamengo é universal. Todos conhecem e sempre que falam em Flamengo dizem que sabem que o Fla tem a maior torcida do Brasil. Só que tive que corrigí-los, pois não é apenas a maior do Brasil, mas sim a maior do mundo.

Claro que tive que visitar o estádio do Boca, o temível "La Bombonera". O estádio é pequeno em suas dimensões, o campo também parece ser menor do que os daqui. Só que apesar das pequenas dimensões, tem capacidade para 50.000 torcedores, mais do que o Engenhão. Isso porque eles aproveitam mais os espaços e existem 3 andares para a torcida. O último chega ser assustador de tão alto. A torcida fica muito próxima do campo, deve ser realmente uma pressão incrível. Fiz uma promessa para mim mesmo de que irei ver um jogo lá, se já é fantástico pela TV, imaginem lá, ao vivo.

Bom meus amigos, não imaginava ser tão bem tratado na Argentina, fiquei realmente impressionado com a receptividade deles. Nem ouvi piadinhas a respeito de futebol. Todos te tratam com muita boa vontade, desde o atendimento num restaurante, passando por uma informação na rua, ou numa balada, parecem que estão sempre de bom humor e sempre muito prestativos. É um belo povo, além de terem uma carne de chorizo deliciosa. Ganharam com certeza minha admiração e o meu carinho, e mesmo que ainda haja grande rivalidade nos esportes, até mesmo neste ganharam um respeito maior por mim.

Que tenhamos isso como lição, de deixar a rivalidade apenas nos jogos e tratar todos com respeito que merecem, pois "todos são seres humanos, independentemente do time que torcem e por isso devemos ser amigos de todos, brasileiros ou argentinos" ( palavras de um argentino para mim). Espero que o povo brasileiro tenha a mesma consideração por todos os turistas e por todos que nos cercam todos os dias.

E para os torcedores do Sport, São Paulo, Grêmio, Cruzeiro e Palmeiras, comunico que nesta Libertadores, sou Boca Juniors.

SRN.

Obs.: A 1° foto estou com minha namorada (de blusa preta), a nossa amiga da República Dominicana, e dois argentinos na Boate; a 2ª foto são todos os argentinos que fizemos amizade na Boate "La France"; a 3ª foto sou eu com o Manto Sagrado no estádio do Boca Juniors, mais conhecido como La Bombonera.

6 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Bacana. Este tipo de viagem é sempre muito interessante. A Argentina está no meu roteiro para 2009.

Sobre o Futebol Carioca disse...

muito legal

Lucas Martins disse...

como bem disse um cara q n me lembro o nome..

"os argentinos odeiam amar os brasileiros, enquanto os brasileiros amam odiar os argentinos"

nos temos mais rivalidade com ele, doq eles com a gente :p

e nada mais natural q eles conhecerem a camisa do flamengo :p

SRN

marcus kimura disse...

Fala Guerreiro,
blz?
Também já tive a felicidade de ir à Argentina. Buenos Aires é uma cidade fantástica! E a minha simpatia pelos hermanos aumentou muito desde então.
Até Mais

Gremista Fanático disse...

Maneiro sua viagem Guerreiro, a Argentina com certeza é um otimo pais pra se fazer turismo. Abraço.
Saudações do Gremista Fanático.

vôo do urubu disse...

Saudações rubronegras!