sábado, 6 de março de 2010

O Império ainda é seu


O Mengão ganhou mais uma. Entretanto, um assunto nos preocupa muito mais do que a pacata disputa da Taça Rio. Estou falando do problema do Adriano e de sua ausência no jogo da Libertadores quarta-feira. Li agora que ele até cogitou largar o futebol.

Que o Adriano tem privilégios dentro do Flamengo ninguém discute, aliás é público e notório. Que ele merece um tratamento diferenciado por ser um jogador acima da média também não se discute. O que é discutível é o limite destes privilégios. Já estamos no 2º turno do Carioca e na 2ª partida da Libertadores e o Adriano ainda está fora de forma, se posicionando mal dentro da área e não conseguindo fazer uso de sua principal característica: a força física.

Sei que no momento outros motivos o distanciam do Mengão. Mas e antes disso? Faltar a treinos é uma coisa. Faltar a 50% dos treinos é algo preocupante. Sei que tem feito seus gols, mas poderíamos ter um jogador muito mais atuante e perigoso. Até porque os times que enfrentamos não podem servir de parâmentro, até mesmo o Universidade Católica. Algo precisa ser feito, alguma atitude precisa ser tomada. Parece que ele está andando para o Fla e doido para voltar para Europa.

Ou ele veste o Manto de verdade e assuma a função de craque do time, ou fique a vontade para retornar para a Europa. No momento, dizem que o motivo de sua nova "depressão" é a sua namorada. Mas independente da atitude correta a ser tomada em sua vida particular, o que se percebe é que o Flamengo está sendo prejudicado com toda essa confusão. A torcida sempre isenta o Adriano de culpas, respeita o ídolo e fecha os olhos para sua falta de ritmo, falta de preparação física, etc. Mas uma hora a paciência acaba, tanto dos torcedores quanto dos jogadores, caso não se imponha limites aos privilégios.

Dizem que ele abriu mão de muito dinheiro para ficar. Mas será que a gratidão não é recíproca? Ele estava abandonado na Europa, o Flamengo abriu as portas para ele, recebeu carinho, foi artilheiro do Brasileiro, campeão e voltou à seleção brasileira. Teve todo apoio dos torcedores, diretoria, companheiros de time e comissão técnica. Todos ganharam e a gratidão é recíproca.

A nossa conhecida frase de faixa diz "O FLAMENGO É MAIOR QUE TUDO E TODOS". Coincidência ou não, foi após essa faixa que conquistamos o Hexa. Acho que está na hora de levarmos isso a sério. Grandes ídolos foram cobrados pela Nação e nem por isso deixaram de ser ídolos e respeitados. Adriano precisa ser cobrado e disciplinado. Todos passam por problemas pessoais, mas mesmo assim continuam a sua vida. Imaginem se todas as pessoas abandonassem tudo ao se depararem com seus problemas. Se o Adriano tem problemas, ele tem que aprender a passar por cima deles e não dar as costas e fugir.

Escrevo essas linhas com vontade de apagar, mas o Adriano tem mostrado um desinteresse com o Flamengo que já vem me incomodando faz um tempinho. Ele já entrou para a história do clube, mas poderia ter muito mais glórias e ser comparado àquela geração que conquistou o mundo. Imaginem um retorno ao clube de origem sendo campeão Brasileiro, Libertadores e Mundial. O Mundial ainda está distante, mas tenho certeza que se o Adriano entrar na linha, ficaremos bem na fita para conquistarmos a Libertadores. Está nas mãos, nos pés e na mente dele decidir prosseguir o seu caminho de glórias e ter seu nome exaltado pela eternidade pela maior e melhor torcida do Mundo.

Espero que ele retorne ao grupo, treine e volte a ser o Adriano do Brasileiro, com privilégios, mas com um mínimo de dedicação e esforço. Que ele volte a ser o Imperador e que quando cantarmos que o "Imperador voltou", realmente vejamos o Imperador mostrando toda sua soberania, classe e crueldade contra os adversários. Torcemos muito por sua retomada de vida, com o fim das polêmicas e reinício das belas jogadas e gols. O império continua sendo seu, Adriano.

SRN

5 comentários:

Gremista Fanático disse...

Talvez o erro Guerreiro esta justamente em dar tratamento diferenciado a jogadores, eu discordo disso, acho que o salario já é a melhor forma de diferenciar um jogador do outro, quando sai disso acaba dando margem a coisas desse tipo, mas cada um pensa como acha melhor, mas eu só lamento tudo isso, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

CorVo disse...

Concordo com vc Gremista! O salário já diferencia e as vezes causa problemas, imagina com privilégios como s que o Adriano tem! Ele é uma grande jogador, mas com uma cabeça muito pequena. Depois de ter conseguido o mais dificil, dar a volta por cima depois de quase parar, ele joga isso tudo pro alto. Espero que ele volte a ajudar o Flamengo e se torne uma pessoas mais centrada!
abraço e SRN!

Luís Eduardo disse...

Amigo:
O que queremos de verdade? Ver o Imperador em ca,mpo fazendo gols e levando a galera à loucura, como nos acostumamos.
Estou triste, e torço muito para que ele coloque a cabeça no lugar e tenha o foco em trazer mais conquistas ao CRF.
Apoio e carinho nunca faltaram, mas tudo tem limites, e ele já os está ultrapassando.
Falta também uma Diretoria competente para administrar o problema.
Este Marcos Braz está sacaneando o PET acintosamente e agora só fala besteira no caso Adriano. Assim complica. Aliás, cadê a Patrícia Amorim?

"Nada do Flamengo, tudo pelo Flamengo"
SRN, Luís Eduardo
Blog Saudações Rubro-Negras- http://jlwrubronegros.blogspot.com/
Blog SRN no twitter: http://twitter.com/LuisSRN

Ivan Pantaleão disse...

Caramba! Esqueci de deixar meu comentário ontem... rsrs peguei no sono à tarde, dormi até a madrugada, e esta página permaneceu aberta no navegador; que vacilo! Me desculpe.

O problema do Adriano é sério e de difícil solução, a menos que ele mesmo consiga reunir forças para retomar sua vida. Ninguém pode fazer nada por ele sem que ele, primeiro, queira ser ajudado.

É uma pena, pelo ser humano e pelo grande jogador que é, quando está bem; é uma pena também pelo Flamengo e pela Magnética, que apostam suas fichas nele.

Quem sabe ele consegue, pelo apoio que tem recebido - e ignorando as fofocas da imprensa marrom, reassumir sua vida e sua carreira? Vamos torcer...

Fiz um post hoje sobre este assunto no meu blog, e ficaria feliz se o lessem e comentassem sobre o que penso e escrevi lá!

Ivan Pantaleão
blog "Aqui é Flamengo, Moleque!": http://aquiehflamengo.blogspot.com/
twitter: http://twitter.com/IvanPantaleao

SRN

Osvaldo disse...

Flemengo é o melhor time do mundo e espero que ele ganha mais copas internacionais e nacionais. é muito importante para incentivá-los e dar-lhes estímulo para os jogadores. Eu vou para o campo a cada jogo e estou animado para ver o time e seus torcedores. Tento levar meu cachorro comigo em sua caixa de transporte cachorro e não deixá-lo sozinho em minha casa.