quinta-feira, 11 de março de 2010

Que a "crise" seja eterna!!!


Caros amigos, o que nos fascina no Flamengo não é apenas o futebol arte, não é apenas a classe, elegância e desenvoltura que os jogadores desfilam em campo. O que realmente nos fascina é a raça, a garra e a determinação demonstrada nos gramados. E hoje no Flamengo, quando se fala em garra, raça e determinação, temos que falar obrigatoriamente em Vagner Love.

Este beijou o Manto na apresentação e vem demonstrando que realmente é Rubro-Negro. Sua disposição e entrega nos jogos são realmente louváveis e dignas de aplausos durante todo o jogo. Atacante que volta para marcar, busca a bola na defesa e assume a responsabilidade num jogo de libertadores fora, não se vê todo dia por aí. A desconfiança que recaía sobre ele hoje é nula, inexistente.

O Flamengo demonstrou algumas deficiências, ainda no campo defensivo. Fabrício cometeu alguns erros infantis que poderiam ter nos complicado e o Álvaro está lento, quase parando. Mais uma vez perdemos um volante e jogamos boa parte do jogo com 1 a menos. Se o grande culpado pelos erros da defesa é justamente o setor dos volantes, perder 2 ao mesmo tempo poderia significar o fim da partida. Mas no Mengão é diferente. Alvim entrou improvisado, o time inteiro se entregou e ainda saímos com um placa elástico, diante das circunstâncias.

O que eu gosto mesmo é de ver a imprensa se ferrando, pra não dizer outra coisa. O Flamengo perdeu apenas 1 jogo neste ano, é campeão Brasileiro e o único do Rio na Libertadores. Ainda assim a imprensa utiliza fatos isolados e da vida pessoal dos jogadores para criar uma crise inexistente na Gávea. O bom é ver que os jogadores não entram na pilha e que enquanto a imprensa fala em crises, desgastes e brigas, a torcida assiste com felicidade o time vencer, vencer e vencer.

Em 2001 havia uma crise entre Pet e Edilson, mas fomos tricampeões carioca com atuação de gala dos 2 e campeões da Copa dos Campeões; em 2007 também se anunciava um racha no elenco e fomos campeões Carioca; ano passado diziam que o clube havia se dividido e que em casos semelhantes outros clubes foram rebaixados (vasco, botafogo, corinthians, palmeiras, etc.), mas o Flamengo na contra mão do sistema foi campeão Brasileiro. Nesta semana se anunciou uma das piores crises do Flamengo, e ganhamos o Resende e o Caracas. Eu devo estar maluco, pois começo a desejar que a "crise" seja eterna!

Para finalizar, uso as palavras do Rodrigo Alvim ao final do jogo: "... essa camisa (do Flamengo) parece que tem magia, parece que tem mais de 11. A gente se multiplica e vira 12, 13, 14 jogadores em campo."

Parece não Alvim, ela realmente é mágica!

PS.: Incrível como os jogos fora do Brasil são desorganizados. Não há policiamento e segurança para o visitante. O tratamento é hostil. Está na hora das autoridades tomarem providências sérias e imediatas. Praticamente todo jogo fora presenciamos objetos sendo jogados no campo, torcida local invadindo a torcida visitante e praticando roubos. Quem acha que o futebol brasileiro é uma zona, pode se consolar ao ver o que acontece nos jogos da Libertadores.

SRN

7 comentários:

Gremista Fanático disse...

Fala Guerreiro, pois é cara o Flamengo mandou a crise pra bem longe, se é que teve crise no Fla, eu acho que a coisa foi mais pro lado do Adriano mesmo e assim que tem que ser, o clube não pode ser prejudicado por problemas pessoais de jogadores, parabens pela vitoria, e lamentavel mesmo o que acontece, a torcida dos times sulamericanos sempre apelam quando perdem em seu territorio, o pior é que a Conmebol faz corpo mole com isso e assim vai continuando essa palhaçada, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Mel disse...

Love tem jogado muito bem e mostrado que realmente honra o manto, é rubro negro.
O time teve umas falhazinhas, mas é até comum... O importante é que quando precisamos, jogamos com raça e mostramos que nosso manto é realmente magico.
PS.: mais um pouco vamos nos acostumar a jogar com um a menos...

Abraço, SRN.

Michel Farias disse...

Um jogo que o Flamengo quase complicou, mas não podemos negar a união que esse plantel demonstra, a equipe mais uma vez superou as difículdades e bateu mais um. Nesse embalo o Flamengo passa para próxima fase fácil.

Abraços Jefferson.

http://ofuteboleoscariocas.blogspot.com/

Vinicius Grissi disse...

De fato, o Flamengo está espantando qualquer possibilidade de crise com gols e vitórias. Belíssimo resultado ontem!

Claudio Henrique disse...

Grande vitória do Flamengo mesmo sem o Imperador, Vagner Love jogou muito, na verdade todo o time em si. Parabéns ao Flamengo e pelo time que tem chega longe na Libertadores.

Abraços

CorVo disse...

Lógico que o Flamengo não demonstrou TUDO o que ele pode apresentar, mas até que teve uma atuação razoavel! Não achei tão ruim assim devido as condições apresentadas. Não sei se o time do Caracas estava inspirado, mas alguns jogadores mostraram um bom futebol. Sobre o Pet, concordo que ele tenha vaga no time titular, só que devido as circunstancias achei a substituição correta, devido ao seu condicionamento fisico, que não é mais igual ao de um garoto.
E completada a rodada da Libertadores, nós fomos os que tivemos o melhor resultado... o que dizer então do Cruzeiro que somente empatou contra a 2ª força da Venezuela? Libertadores é assim, apesar de os nomes dos times não serem muito "bonitinhos", é sempre complicado. Mas o que fica é a vitória, e o prazer de ver o Flamengo ganhando e jogando com raça! +3 pontos na tabela!
SRN!!!

AF STURT disse...

Coluna dessa semana:

http://flamengoshow.blogspot.com/2010/03/futebol-arte-e-paixao.html

Hoje é vencer e espantar essa suposta crise...

SRN!